ALGUMAS AÇÕES QUE PODEM AJUDAR A EVITAR “PEDRAS” NOS RINS


As “pedras” nos rins são mais comuns nos homens do que nas mulheres, e em cerca de metade das pessoas que tiveram uma, podem ter cálculos renal novamente em 10 a 15 anos, caso não adote medidas preventivas"

De onde vêm as pedras nos rins?

Os cálculos renais se desenvolvem quando certas substâncias, como cálcio, oxalato e ácido úrico, se concentram o suficiente para formar cristais nos rins. Os cristais aumentam formando "pedras". Cerca de 80% a 85% das pedras nos rins são feitas de cálcio. O resto são pedras de ácido úrico, que se formam em pessoas com baixos níveis de pH da urina.

Após a formação de pedras nos rins, eles podem se deslocar e passar pelo ureter, bloqueando o fluxo de urina. O resultado são períodos de dor intensa, incluindo dor de flanco (dor em um lado do corpo entre o estômago e as costas), às vezes com sangue na urina, náuseas e vômitos. À medida que as pedras passam pelo ureter indo para a bexiga, podem causar micções frequentes, pressão da bexiga ou dor na virilha.

Ações para evitar a formação de pedras nos rins:

1. Beba bastante água. Pessoas que produzem 2 a 2,5 litros de urina diariamente, tem 50% menos probabilidades de desenvolver cálculos renais do que aqueles que produziam menos. Bebendo de 8 a 10 copos de 200ml de água por dia para produzir essa quantidade de urina.

2. Evite alimentos ricos em oxalato. Esses alimentos, que incluem espinafre, beterraba, carambola, cacau em pó e pimenta, elevam os níveis de oxalato no corpo.

3. Utilize alguns limões. O citrato, é um sal em ácido cítrico, que se liga ao cálcio e ajuda a bloquear a formação de pedras. Estudos mostraram que beber meia xícara de concentrado de suco de limão diluído em água a cada dia, ou o suco de dois limões, pode aumentar o citrato na urina e provavelmente reduzir o risco de cálculos renais.

4. Modere o sódio. Uma alimentação com alto teor de sódio pode desencadear cálculos nos rins porque aumenta a quantidade de cálcio na sua urina.

5. Reduza a proteína animal. Comer muita proteína animal, como carne, ovos e frutos do mar, aumenta o nível de ácido úrico. Se você é propenso à formação de “pedras”, limite sua ingestão diária de carne.

Fonte: Harvard Medical School

Recent Posts
Archive
Search By Tags
No tags yet.
Follow Us
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

Fale conosco

Rua Dona Mariana, 143, Sala B-32.

Ed. Botafogo Medical Center

Botafogo - Rio de Janeiro - RJ.

Siga-nos

  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon

Tel: (21) 2540-7161

       

Cel / WhatsApp : (21) 97966-5500